Foto: Alexandre Dias (Tumblr)
Outros

Crónica De Um Rapaz Com Sentimentos |01

Hey, hey anjos! Como estão? Espero que bem. Bom, eu já ando neste mundo virtual à uns bons anos, e algo que sempre gostei de ler e tive vontade de escrever foi uma crónica. Com isto, quero apresentar a primeira crónica aqui do Dezoito, e como já puderam ler no título a crónica intitula-se por: Crónica De Um Rapaz Com Sentimentos. Existiram uma série de capítulos nesta crónica e nesta primeira temporada irei basear-me no tema “O karma odeia-me”. Irei trazer algumas razões do porquê de achar que o karma odeia-me e acho que muitos de vós iram se relacionar e também trazer alguma lição no final de cada post, pois não vale só “reclamar” do karma – risos. Só me resta ter fé de que vocês iram gostar deste meu lado mais cómico com uma misturinha de sério. Mas bem, vamos ao que interessa.

O karma odeia-me:

1º Porquê – Sinal Divino

Sinal Divino – ta nam nammmm –  O que são?  O que proporcionam? Na maioria das vezes são coisas boas, porém, não neste caso. Sabes aquele dia, em que tens uma leve premonição que não deverias sair de casa de maneira alguma? Aquele dia em que deverias ter levado o guarda-chuva e ficas-te todo molhado? Esse mesmo dia, meu anjo. Só trabalho com factos reais. Deus, mano do céu, brother, senhor, wtv… aparentemente envia-nos um sinal divino e aí que nós meros idiotas ignorámos. Depois, como eu, f`*dem-se na vida. Eu não digo mesmo. Eu não digo mais é NADA.

Colegas, vamos combinar uma coisa? NÃO IGNOREM O VOSSO CORAÇÃO OU A VOSSA INTUIÇÃO, CARALHO. O pior mesmo é ficares a pensar que a decisão que tomas-te era realmente questionável, mas não era pois, por exemplo: O TEMPO LÁ FORA JÁ ESTAVA NUBLADO. Não fiques à espera de receber esse sinal divino por sms ou email, tens de estar atento aos pequenos detalhes. Outro caso colegas, quando acordamos com o sentimento de que o nosso dia vai ser, literalmente, uma bosta. Aí, a única solução é nem saíres da cama. Nem tentes. Existem coisas que não podem ser contrariadas.

Lembrei-me de outro exemplo um tanto pesado: ex-namorado. Não voltes com o teu ex. Tipo, não. Se não deu certo à primeira, as chances de dar certo à segunda vez são quase inexistentes. Não querendo ser mau, mas já o sendo, se o teu ex fosse bom seria atual.Temos de começar a ver o termino de certas coisas como um sinal divino de que algo melhor está por vir.

Uma semana tem sete dias, na segunda-feira podes apanhar chuva e ficar todo ensopado, na quarta-feira podes acordar rabugenta e na sexta-feira podes, por exemplo, terminar um relacionamento. Na segunda, na quarta e na sexta más coisas aconteceram, no entanto foram só três dias entre sete outros, e os outros quatro dias? Porque não fazê-los valer a pena? Ou então, ver o lado bom das coisas. Na segunda, ficas-te ensopado? Porque não desfrutar da chuva e virar maluco e dançar nela? Na quarta, acordaste rabugenta? Faz algo que mude o teu humor. Come um chocolate, ou faz carinho no teu animal de estimação – caso tenhas. Na sexta, terminaste um relacionamento? Talvez tenha sido para melhor. Talvez não tenha sido a melhor altura para vocês estarem juntos. Se terminou é porque não era para ser. E não vale a pena perder tempo nisso. Chora o que tiveres que chorar, tira tempo para ti, essencialmente isso: tira tempo para ti. Provavelmente isso foi um sinal divino para começares a aprender a amar-te e a amares o teu tempo sozinha. Fora de um relacionamento, sabes? Mas, sabes o que tiras disso? Bagagem. No próximo relacionamento, deixa as coisas fluírem e aprende com aquilo que aconteceu no anterior. E lembra-te: tudo acontece por uma razão.

Preenche-te de sentimentos bons. Atraí sentimentos bons. Sempre existirão dias maus. O facto é que tens de aprender ou tirar algo deles, entendes? “Ah quando me tornar adulto, tudo vai mudar. Não existirão dias maus.” Existirão sim! E muitos. E, claro, faz parte do nosso crescimento, da nossa aprendizagem.

Sendo sinais divinos ou intuição o poder estará nas tuas mãos. A decisão será tua. A última palavra será tua.

Então, o que acharam desta crónica? Contem-me tudo nos comentários. Espero ter-vos inspirado de alguma maneira heheh. Beijinhoooooos 😘

Alexandre

Eu sou o ariano que toda a gente te avisou. 18 anos, estudante de Comunicação e escrevo por aqui sobre vários assuntos.

6 comentários em “Crónica De Um Rapaz Com Sentimentos |01”

  1. Gostei da mensagem que a tua crónica carrega. Eu própria já me convenci que o melhor é seguir o meu próprio instinto em vez do dos outros. 🙂
    littlewonderlandxo.blogspot.pt

    1. É o melhor a fazer. Pensarmos mais em nós mesmos e vivermos para nós não é sinónimo de egoísmo. Obrigado pelo comentário e feedback 💕 Beijinhos 😘

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *