Foto: rawpixel / Unsplash
Lifestyle

Liberte-se de quem só atrapalha

Muitas vezes, temos medo do incerto. Não sabemos que rumo terá a nossa vida, depois de terminada pessoa sair dela. Ou até o que se vai suceder ao mudar de trabalho, começar um novo curso, morar noutro país, ir morar sozinha, entre vários acontecimentos que sempre serão excelentes para nos pormos à prova.

O caldo esquenta quando há pessoas ou acontecimentos que só nos fazem mal, que são tóxicos e desnecessários. Queremos cortar o mal pela raiz, porém ao mesmo tempo, a indecisão ronda a nossa mente de forma absurda, constantemente. Ficamos num impasse totalmente desnecessário que irá consumir a nossa energia por inteiro. As típicas perguntas/afirmações como “mas somos namorados, não posso acabar sem mais nem menos”, “somos amigos há imenso tempo, será que não irei arrepender-me depois?”, irão matutar a nossa mente até à exaustão – para não dizer que irão explodir, mais cedo ou mais tarde.

Antes de amigos e companheiros devemos colocar-nos em primeiro lugar sempre.

Isso é que deve pesar mais na balança, em todas as situações. Um dia os amigos viram-nos as costas, os companheiros vão embora e quem vai restar? Tu, apenas. Infelizmente, o ser humano só costuma aprender depois de sofrer, logo só irão compreender o quanto perderam e não evoluíram, quando essas pessoas se forem embora. Contudo, não tem de ser assim. Ao longo do tempo, vamos tendo alguns aspectos que fazem-nos entender que algumas pessoas não merecem fazer parte do nosso quotidiano.

Não importa os anos que se conhecem, nem se já passaram por muito juntos. Lembrem-se que as pessoas mostram o que querem que as outras vejam. Elas nunca se irão revelar por inteiro. Ao fim de 20 anos (ou mais), elas irão surpreender-te sempre, quer pela positiva como pela negativa. Por mais tempo que se conheçam, há sempre algo novo por parte de cada um.

No fim, terminamos por perceber que há quem só atrapalhe

Estão sempre a tentar desmotivar-te e a dar-te receios que sinceramente, dispensamos de todo. Obrigatoriamente, se alguém quer ver-te feliz e quer que tenhas sucesso, ela irá apoiar-te nas tuas escolhas e motivar-te, não o oposto. O problema também será nosso se deixarmos de fazer o que queremos, por causa dessas opiniões negativas. Geralmente, há sempre quem não queira o nosso crescimento porque tem inveja.

Normalmente, quando somos ingénuos iremos acreditar que não vale a pena começar algo que à partida não é bem aceite pelos nossos amigos/companheiros. É estúpido, eu sei, mas a maioria pensa ou já pensou desta forma – que não é de todo a mais correta.

Por isso mesmo, essas pessoas devem ser desviadas. Quem não consegue apoiar ou entender as nossas escolhas, não merece fazer parte da nossa vida. Esta é a verdade que devem ter em mente. Muitas vezes, podemos não compartilhar das mesmas opiniões, no entanto podemos sempre entender as escolhas do outro e estar lá, quando algo correr bem ou mal.

Devemos saber desviar-nos de quem só nos desmotiva e nos rodeia de más vibrações. Temos de zelar por nós primeiro. Se determinada pessoa não quer o teu bem, tens de saber agradecer por tê-la conhecido e seguir em frente. Muitas vezes, seguir em frente e ignorar certas opiniões será o melhor que poderás fazer a ti mesmo/a.

Parem de desistir dos vossos sonhos, devido a terceiros.
Carolina

Pessoa doce e amarga; aquela que perdoa, mas não esquece quem lhe magoou;que ama com todo coração, mas que ninguém deseja ser foco de seu ódio. É aquela menina/mulher que deseja revolucionar o mundo e concretizar os seus sonhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *