Foto: Tumblr
Textos

Questão de segundos

O relógio parou. Dizem que a vida não para e é sempre em frente mas com a pressa que a vida leva até nos esquecemos de viver. Olhamos sempre em frente que nos passam ao lado as coisas mais bonitas do mundo.

Às vezes é preciso perder tempo com as coisas mais bonitas e preciosas, o tempo. Perder tempo num abraço apertado, a olhar o mar, a ouvir um desabafo ou no silêncio de alguém. Às vezes a perda de tempo é uma mais valia para a vida. Passamos a passadeira a correr e nem pelo momento verde esperamos. Não queremos esperar por nada e passamos as coisas à frente. Dizemos que aproveitamos tudo ao segundo e deixamos segundos avançar. Às vezes dependemos de meros segundos. A vida é uma compilação de segundos de tudo e de nada.

Tenho tanto medo do tempo, ou melhor, da falta dele. E tantas vezes deixei para amanhã o que devia ter dito na hora, certa ou errada era a hora. As palavras desbotam no tempo e o tempo desbota na vida. Acreditamos sempre no incerto e depois dizemos que a vida nos tramou. Trama tantas vezes que não aprendemos vezes suficientes.

Às vezes é uma questão de segundos para abrandar o passo, olhar para o lado e cruzar a vida com alguém. Tudo é uma questão de tempo e cabe-nos a nós decidir quando o devemos desacelerar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *