Textos

Fruto da tua imaginação.

Tudo é fruto da tua imaginação, desde sempre até sempre.

Quando somos pequenos, o mundo em que vivemos é feito daquilo que sonhamos. Vemos dinossauros nas nuvens e o pôr-do-sol é feito de algodão doce. Acreditamos que a nossa casa, melhor ou pior é sempre o nosso castelo e que os nossos pais ou avós são os reis do nossa freguesia. Acreditamos que somos heróis, soldados, bombeiros, fadas, princesas e até portadores de super poderes. Somos o Ronaldo do futebol de rua, somos aquilo que quisermos ser.

Mais tarde somos levados por tudo aquilo que os outros imaginam que somos e colocam sempre em cheque com o que somos, o que acreditamos ser e aquilo que os outros dizem que somos, por verdade ou desconhecimento. Deixamos de ter certezas e passamos a ser tentativas de alguma coisa. Tentamos ser melhor pessoa, bom amigo, um bom ser humano. Mas não acreditamos que o somos, pensamos sempre ser tentativas de algo. Porque vem a modéstia e a mania que somos os maiores. Começamos a definir-nos pelo que dizem que somos e não por aquilo que somos de verdade. Tudo sofre do mal das perspetivas e nem tudo é igual para gregos e troianos.

Até que nos perdemos na realidade do que somos, mal nos vemos ao espelho com a correria da vida, escolhemos o look consoante o que aquela influencer ou amiga vestiu e nem olhamos por nós nem para nós. Vemos aquilo que queremos ver e perdemos a nitidez do real. A magia da nossa imaginação perde a magia e o motivo para existir magia.

Mas chega a uma hora que a vida abranda, já não temos pernas pra correr a par com a vida, abrandamos e a música calma torna-se a banda sonora da nossa vida. Começamos a olhar por dentro connosco, como fazemos com os outros. Trocamos a roupa pelo despido e vemos a verdade em nós, encontramo-nos connosco. E deixamos a magia entrar, mesmo no adulto que somos temos que permitir a magia entrar e percebemos que não há melhor lugar no mundo que a nossa imaginação. Não somos mais nem menos daquilo que queremos ser e que lutamos todos os dias por ser. Não somos as melhores pessoas do mundo, apenas podemos ser melhores pessoas todos os dias da nossa vida e assim quando chegarmos ao destino desta vida sem rumo vamos poder imaginar o lugar tal e qual sonhamos.

Eu escolhi um lugar à beira mar com boas pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *