Sem categoria Textos

“Agora não”

– Agora não.

E eu disse-lhe que não. Que não era o melhor momento, a melhor pessoa talvez, o que me apetecia naquele momento. Por mais que o amasse, que o quisesse ou que tivesse esperado a minha vida inteira por aquele momento, não era agora. Parece egoísmo, mas é amor, próprio e pelo outro.

Levamos a vida quase toda a dizer “sim” a tudo, sim vamos, sim quero, sim amo-te. Que nos esquecemos de realmente tomar uma decisão, de ter uma opinião própria e pensar acerca dos assuntos. Dizer que “sim” é só o caminho mais fácil e frágil que podemos tomar. Mas será que é o que queremos mesmo fazer? Ficamos tão felizes com uma migalha de amor que nos esquecemos de questionar se é mesmo amor suficiente, que nos é já o bastante. Dizer sempre “sim” é não nos colocarmos em perspetiva, não nos ouvimos e não aceitamos o nosso tempo. Às vezes é dia “não”, não quero fazer nada, não estou bem, não quero sair do meu sofá e pronto, tudo bem.

Por vezes, a pessoa certa chega no momento errado e temos que saber amar mais a nossa estabilidade, do que um novo romance, apenas porque é algo que queremos muito. Amar e querer às vezes não chegam e acabamos por aceitar e estragar tudo, perde o encanto e tudo o que de bom nos tinha para oferecer. Aceita cada fase da tua vida e permite-te ter vontades e “não vontades”. Não é por estarmos solteiros/as que temos que aceitar o primeiro amor que nos surge, às vezes as pessoas não encaixam, não são para ser e antes de nos magoarmos temos que dar tempo. Se for para ser, será hoje ou daqui a uns dias. Mas temos que ter consciência se estamos prontos para partilhar um pouco de nós com o outro, se temos espaço para esse alguém ou até se é amor suficiente. Ficar só por ficar é o mesmo que ir embora antes mesmo de chegar. A vida acontece na mesma, e não é agora, mas quem sabe a vida nos deslumbra por ai.

Ficar com o copo pela metade apenas porque está vazio não mata a sede, não alimenta um corpo sóbrio nem cura a dor da alma. Aceita que o copo ou está vazio ou cheio, 8 ou 80, sim ou não. Precisas de saber se preparas a vida ou uma café apenas. Mas quando não souberes prepara-te a ti apenas com a realidade.

Quem sabe se o momento certo não é na manhã seguinte. E eu amo-te, mas agora não posso ficar.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *