Foto: Carlos / Unsplash
Reflexão

21 desejos para os próximos 365 dias

Sou apologista de listas, especialmente, se estas são constituídas de sonhos, desejos e objetivos. Não fazia sentido, deixar de partilhar convosco, porque esta lista de desejos também é para vocês (para refletirem e terem/serem no ano vindouro, pois é o meu maior desejo para todos), estes meus/nossos 21 desejos para 2021.

Acredito que a cada ano, os nossos desejos tenham de ser baseados nas ações/sentimentos que não foram abrangidos/conseguidos no ano presente. São pontos a melhorar, pois ao refletirmos, anotamos inúmeras falhas e com elas, chegam as soluções. A maior solução é aprender e fazer diferente, fazer melhor da próxima vez. Logo, para 2021, vamos refletir sobre o que aprendemos neste ano complicado, e preencher os novos capítulos com coisas boas, com sentimentos sinceros, com mais gratidão e mais amor.

Estes são os meus/nossos desejos:

  1. Ser ainda mais presente. Não faltar a aniversários nem a comemorações importantes, porque o sofá me cativa mais do que o barulho e a confusão. Sabe bem abraçar a confusão que é a nossa família toda junta, pois durante este ano, foi muito penoso não poder tê-los por perto. Estamos cá por tão pouco tempo, por isso temos de aproveitá-lo enquanto podemos. Só podemos contar com o hoje, pois o amanhã não é garantido. Passa tempo de qualidade com os teus. No fim de tudo, são as memórias de dias bons que nos acalmam e aquecem o coração.
  2. Ser mais consciente nas compras, nos conselhos, na vida. Por norma, o consumismo nunca fez muito parte de mim. Só que, infelizmente, também não opto pelo minimalismo, logo há que reduzir em tudo o que se possa. Nem tudo o que desejamos terá utilidade. Quantas são as peças que compraram por impulso devido a promoções? Chega de impulsos! É tempo de ser consciente. A nossa carteira agradece e o ambiente mais ainda. Precisamos diminuir o plástico e o papel. Diminuir o fast-food. Diminuir os nossos julgamentos para com o outro. Ajudar mais de verdade e com o coração. Pensar melhor antes de aconselhar e não ser hipócrita. Decidir mais vezes com o coração e menos vezes com a cabeça. Estamos todos numa jornada complicada, com problemas por igual, sejamos mais solidários, mais amigos, sejamos união e apoio. Para destruir, qualquer um destrói. Para construir, só os melhores ajudam. Entreajudem-se e pratiquem o amor. A tristeza vai embora mais rápido, quando estamos todos juntos. E, as coisas correm melhor. Podem acreditar, que não minto! 🤞🏼
  3. Vai, se tens de ir. Não fiques, se não és feliz. Encontra-te e descobre o melhor de seres tu. Quanto mais tempo ficamos num lugar que nos sufoca e impede de evoluir, mais desgastados/infelizes ficamos. Se não te faz feliz, ruma ao que te poderá fazer. Se tens de ir, não penses duas vezes e vai. Não esperes pelo momento certo, pois nada é tão incerto como o amanhã. O certo é o agora, o hoje. Se tens de o fazer, fá-lo hoje! Já! Encontra-te, redescobre-te e apercebe-te do quão importante és e do quanto significas. Se és como és, é porque travaste as maiores dificuldades e ainda que tenhas saído delas lesada, deste a volta por cima. Se és como és, aceita. Sê feliz. Não há nada melhor do que sermos nós mesmos. Somos únicos, e por isso somos especiais.
  4. Pensar demasiado no que não podes controlar, não adianta. Deixa fluir. Quando temos um problema, há a tendência de pensar exageradamente nele. Só piora a situação. Existem coisas que não podemos controlar, que têm o seu tempo. A única coisa que podemos fazer é deixar fluir e o que for para ser nosso será. O que é teu e para ti, irá encontrar-te, mesmo que não o procures. Deixa-te surpreender.✨
  5. Para de criar competições que não existem. Não é porque o outro tem que tens de ter também. Criamos e vivemos em ilusões. Os outros vivem a sua vida de acordo com o que almejam. Não é por isso, que és menos ou que sejas falhada/o por causa disso. Cada um tem o seu tempo, os seus objetivos. Não é porque os teus amigos namoram, que tens de namorar. Para de competir com quem só está a viver a sua vida. Compete contigo mesmo/a e vive a tua vida. Não te regules pelos outros, nem tentes viver uma vida que não é tua. Passa menos tempo vendo os outros a viverem as suas vidas e passa mais tempo a aproveitar a tua.
  6. A tua saúde mental é mais importante do que todo o resto. Ponto final. Enquanto não priorizares a tua saúde mental, vais continuar sempre na m$#da. És mais importante do que trabalho, festas e amigos. Tira um tempo só para ti, vê o que não está bem, o que podes melhorar e cura-te. Não deixes para amanhã. A tua saúde mental é mais importante do que todas as marcações que tens para hoje.
  7. Não resumas nenhum dia/mês/ano/situação como horrível/má, só porque algo correu mal. Quando algum momento menos bom acontece, optamos por qualificar aquele dia como mau, ignorando e menosprezando as coisas boas que houveram. Há parar e pensar melhor: a situação menos boa foi constante?; vale a pena resumir um todo de coisas boas, numa coisa má, devido a algumas situações?. Talvez, encontrem as respostas necessárias, para poderem, por exemplo, classificar 2020, de forma mais consciente. 
  8. Faz o que te faz feliz, todos os dias. Tira um tempinho para ti, no teu dia, para te mimares. Skincare, banho relaxante, uma série enrolada/o no sofá, comer algo que gostas, estar um pouco com a família, ler ou até mesmo, escrever. Fazer o que mais nos dá prazer é uma fonte de motivação para um novo amanhã. Não deixem de serem felizes hoje, com esperança que amanhã poderão ser. Sejam hoje.
  9. Recomeça as vezes que forem necessárias, até estares feliz com as tuas conquistas. Custa falhar? Claro que sim. Só que todos falhamos, tal como tu. Aprende a ver isso como uma coisa boa e não má. Falhaste porque tentaste, logo tenta novamente. Recomeça as vezes que forem precisas e quando conquistares o que queres, verás o bom de não desistir. 
  10. Deixa de partilhar os teus objetivos, relacionamentos, medos e problemas, mostra os teus resultados. O melhor da vida se faz em silêncio. Nunca iremos saber as intenções e energias de quem está do outro lado. As pessoas podem não ter a intenção de transmitir más energias, mas o facto é que, muitas delas, ao não terem as mesmas capacidades e/ou felicidade, transmitem energia tóxica. Todos os nossos movimentos, palavras e ações têm energia. Deixemos os nossos planos rabiscados só para nós e os resultados às vistas de todos. Porque depois de estar concluído, existe menos probabilidades de falhas e de contaminação. 😉
  11. Sê grato por tudo o que tens, em vez de só pensares no que ainda não tens. Quanto mais grato fores, mais terás. Não te massacres para ter o que os outros têm. Trabalha para o que queres, sem pensar nos demais. Dá-te grato pelo que tens, pois podias nem ter casa e comida, em vez de menosprezares o que tens, devido ao que ainda não conseguiste obter. De passo em passo, subimos uma escada. Não queiras cair, por subir demasiados degraus, de uma só vez. Agradece cada passo e receberás a recompensa.
  12. Corre atrás dos teus sonhos e não pares até estarem realizados. Se não lutares por eles, não serei eu a lutar.
  13. O teu corpo é a tua casa: cuida dela, prioriza-a, cura-a e ama-a. O corpo é o resultado da mente. Quanto mais tempo pensares de maneira errada, mais contaminado ficará o corpo. Cultiva bons pensamentos, cura a tua alma ansiosa e desmotivada, ama-te sobre tudo e todos. Aprende a ver-te realmente no espelho e abraça a tua casa. De nada adiantará uma dieta, quando a mente está cheia de ervas daninhas.
  14. Para de deixar as coisas para amanhã, quando podes fazê-las hoje. Aprende a deixar a preguiça de lado e a abraçar o que necessita de ser feito. A preguiça é um problema a longo prazo. Quanto mais se deixa ela ganhar, mais viciada fica. E a nossa vida? Fica um perfeito caos. Deixemos de nos lamentar pela quantidade de coisas a fazer e a deixá-las para outro dia e em vez de ficarmos umas quantas horas nas redes sociais, façam o que têm a fazer. Priorizem o que realmente necessita de ser feito. Adiar o inadiável, nunca é solução. Há que fazer hoje, pois amanhã haverão outras coisas a serem feitas. Evita o caos e organiza-te.
  15. Não te apresses a saber/solucionar tudo. Deixa que a vida te surpreenda. Estar sob controle, só causa mais pressão e ansiedade. Não temos de saber fazer e solucionar tudo. Precisamos aprender, tal como não podemos controlar tudo e todos à nossa volta. Cada coisa tem o seu destino e a sua hora.
  16. Pessoas evoluem, crescem e mudam, só temos de aceitar e seguir em frente. A cada transformação notamos certas diferenças. Existem compromissos que não queremos mais, amizades com as quais já não nos identificamos, pessoas com as quais deixamos de falar e tudo bem: é o mundo evoluindo e mudando. Há que aceitar, que não vamos estar sempre no mesmo lugar, tal como os outros também não. Para nos transformarmos e evoluirmos existem muitas coisas/pessoas que ficam para trás, incluindo sonhos e objetivos. Basta aceitar e seguir. Simples.
  17. Confia. O que está para vir será melhor do que já foi, apesar de ser diferente do que expectas. O que virá, não poderá ser pior do que já foi, pois já aprendeste e farás diferente. Abraça o que colherás, ainda que não seja o que pretendes, pois poderás surpreender-te. Confia que sim. Deixa o universo decidir.
  18. Torna-te consciente do que realmente vale a tua energia. Se não vale o teu esforço, nem o teu tempo, abandona. Ser consciente acerca das coisas às quais dispensamos tempo, desnecessariamente, é um ponto a teu favor. Investe tempo no que realmente te acrescenta e te faz feliz. O que não se enquadra nisto, então não deve pertencer à tua vida. Para descobrires se realmente vale o teu esforço/energia, pergunta-te: “Isto irá ajudar-me, de alguma forma, para a vida que quero ter?”. Se sim, vale a tua energia. Se não, abandona e segue em frente. A vida é mesmo assim, cheia de decisões, essas mesmas que regem os caminhos até chegarmos ao nosso real propósito, ao nosso destino esperado. Lembra-te: dás vida, ao que dás energia.
  19. Nem tudo o que te pesa é teu para carregar. É hora de deixar ficar o que não nos cabe a nós carregar. O que não te faz avançar, normalmente é o peso dos antigos erros, as desilusões, os comentários negativos que continuaram a acompanhar-te para sempre. Os problemas dos outros, não são teus. Abandona-os. Carrega apenas o que é teu, enquanto for necessário, pois o passado não deve andar às nossas costas. Deixa de carregar o mundo e todos, pois no final, o/a único/a lesado/a serás tu. 
  20. Planta o que queres viver e ser amanhã. Más sementes resultam em más circunstâncias. Boas sementes resultam em boas oportunidades.
  21. Escolhe, quem te escolhe. Dá valor, a quem te dá valor. Dá o que recebes. Se te priorizam, prioriza também. Se te escolhem, escolhe também. Se te valorizam, valoriza também. Jamais te does a quem nada faz por ti ou por te merecer. 

Quais são os vossos desejos para 2021?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *