Foto: Anne Nygård / Unsplash
Textos

A última carta.

Esta é a última carta que te escrevo. A última vez que irei escrever sobre ti. Mas sobretudo que irei escrever sobre mim, sobre o que sinto. É a última vez que irei desabafar. Estou desistindo. Aliás, há muito desisti. Deixei-me ficar no fim do poço, esperando a água cair para poder afogar-me de uma …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Reflexão

Somos a incurável melancolia.

Não sei até que ponto a minha existência vale para alguma coisa. Talvez até não valerá para coisa nenhuma. A dor sempre nos desarruma, perturba e muda. Persegue-nos em cada obstáculo e até na busca pela felicidade. A verdade é que a cada dia que passa, a nossa existência passa a ser qualificada, pressionada, duvidada. …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Caderno de Desabafos

Ponto de ruptura

Mais uma crise. O ponto de ruptura está claro, mas ignoro. Finjo que não é nada, que já passa e que isto acontece somente às vezes. O que acontece é que esses “às vezes” têm acontecido com frequência. Há um peso invisível que carrego, que faz-me arrastar com dificuldade, diariamente. Tento enganar o cansaço com …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Textos

Há milhares de estrelas nela.

Há milhares de estrelas nos seus olhos. Há milhares de sonhos escondidos nela, que se vão multiplicando com os anos. Há milhares de estrelas nela, uma galáxia inteira por descobrir. Quis o destino um dia juntar-nos, mostrar-nos que tínhamos de nos apoiar, reconfortar e ensinar um ao outro, o quão bom é o amor e …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Reflexão

De madrugada, os sonhos morrem.

De madrugada, os sonhos morrem, porque os sonos são inexistentes. Os sonhos morrem, cada vez que não nos permitimos adormecer e finalmente descansar. Até quando conseguiremos impedir-nos de sonhar? De dormir e sossegar? A minha alma ansiosa pede por descanso, mas a insónia persiste em me perseguir e raptar para si. A insónia é como …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Reflexão

Recomeçar.

Há várias semanas que já não caminhavam de mãos dadas, ao pôr do sol. Na verdade, nem se viam, nem achava que ele desejasse fazê-lo. Naquela tarde, agradavelmente, aceitara o seu convite, para um passeio demorado. Tremendo e não sentindo os dedos gélidos, a cada quilómetro que percorriam de carro, ia engolindo em seco, olhando …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Textos

Uma carta nossa.

Escrevemos esta carta numa das melhores fases da nossa vida para relembrar-vos(nos) do que nos fez chegar até aqui, do quanto batalhamos e do quanto amor tivemos um pelo outro, para aqui chegarmos. Os dias nem sempre são os melhores para um casal. O trabalho consegue desgastar-nos a tal ponto que nem queremos jantar. É …

Continue a ler
Foto: Bianca Castillo / Unsplash
Textos

De que valeu?

Despedi-me de ti, naquela tarde em que o sol já não se encontrava no horizonte e a praia já estava vazia. Depois de todo o esforço e batalhas travadas apercebi-me que provavelmente, estaria melhor sem ti. Estava triste ao não te ter como queria. Contudo, meses se passaram e cada vez que me deito só …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Textos

O nosso relacionamento

Incrível como vieste mudar-me. Incrível como aos poucos, vou voltando a ter o hábito de sorrir. Vieste dar-me umas quantas lições de que precisava. Nem sempre vi os relacionamentos com a melhor percepção. Sempre os vi como uma enorme desilusão. Magoava, rasgava, torturava e mudava. Sempre me transformava, ao amar ou ao entrar num relacionamento. …

Continue a ler
Foto: Tumblr
Reflexão

As pessoas não voltam.

As pessoas não voltam. Quando elas partem, não vão com bilhete de regresso. Não importa se nos acostumamos a ter nas nossas vidas ou não. Elas simplesmente somem. Mais uma vez, temos de saber superar essa pessoa. Parece recorrente. Todos indo embora, nos deixando sozinhos no nosso mundo de tragédia. Sentimos-nos mal porque aquela pessoa …

Continue a ler