Sobre

Sobre o Dezoito”, estas três palavras pairaram sobre as nossas cabeças durante alguns dias. Afinal o que era o Dezoito? Não íamos começar um blog sem saber o que dizer sobre ele. Na realidade, o saber nós sabíamos, mas colocar em escrito era outra coisa. A essência do blog estava pronta, uma mistura de pós adolescência com o que faremos no futuro.

Ainda há muito a dizer e a fazer por aqui, principalmente mostrar-vos que vale a pena nos seguir. Então faça parte da caminhada de quatro jovens, com vontade de vencer na vida e descubra também, um pouco mais sobre cada um de nós.


Carolina, criadora do Dezoito, carismática e em constante mudança psicológica e física. Tem o sonho de publicar um livro e ama escrever. Tem procurado a serenidade na natureza e conecta-se com facilidade a um universo totalmente diferente do habitual. Depois de vários momentos menos bons, aceitou-se e tenta todos os dias, dar o melhor de si em cada tarefa que desempenha e em cada texto que escreve.

Aprendeu que a vida é muito mais do que paixões e hoje quer apenas estar em paz consigo mesma e com o mundo que a rodeia.


O meu nome é Alexandre mas podem chamar-me Alex. Sou natural da Ilha de São Miguel, no Arquipélago dos Açores e tenho 18 anos. Estudo Comunicação e sou viciado em séries nas horas vagas. Ao passar dos anos, escrever tornou-se muito mais que um passatempo, tornou-se uma paixão. Escrevo sobre filmes, séries, comportamento, beleza, lifestyle, relacionamentos, músicas, fotografias e alguns textos, sempre com um leve toque de humor. Fazer parte do Dezoito é um sonho tornado realidade.

Sou Ariano aka melhor signo do Zodíaco, colecionador de sonhos, de noites mal dormidas e de amores perdidos. Prometo que irás ver-me muito no blog.


Sou Rosa Branca. Àquela que num dia de muita chuva tornou-se “vermelha”, àquela que ousa afrontar a quem quer que seja e sabe muito bem as consequências que pode ter, ou não tão bem assim, mas que mal se há em correr alguns riscos?!

Perdi uns 2/5 de amores entre vielas de tentativas de me encontrar e quando me apercebi de que não deveria me encontrar somente e sim me reencontrar acabei por abraçar outra vez 3/5 de mim.


 

Maria Saloia. Menina do campo eternamente apaixonada pela cidade. Eternamente apaixonada por Lisboa. Sempre de malas feitas, na tentativa de acalmar um coração alvoraçado. Sonha um dia fazer as malas e partir sem destino, tendo apenas por companhia, o seu grande amor.

 


Jovem almadense com quase duas décadas de sonhos e aventuras. Com o Mar no nome sonha poder editar as suas histórias um dia. Fazer parte do Dezoito foi algo que ela nunca imaginou que lhe pudesse acontecer, o segredo? É agarrar todas as oportunidades com empenho, dedicação e sorriso no rosto.