Foto: Pinterest
Textos

tu sempre voltas

Confesso que sou burra. Voltaste-me as costas, de novo, depois de um infinito tempo de espera. Pergunto-me várias vezes, o porquê de ainda esperar por ti, o porquê deste sentimento voltar a cada mensagem tua. Tudo isto magoa. Quanto mais quero odiar-te, esquecer-te, mais me lembro de ti. E se eu te odiasse era bem …

Continue a ler
Foto: Olu Gbadebo / Unsplash
Textos

Há dores

Hoje o dia amanheceu mais cedo. Na verdade, nem preguei olho esta noite inteira. Fiquei matutando tudo o que me falavas, tentando entender o porquê do nosso desfecho. Dizias que há diferentes tipos de dores e todas elas são suportáveis. Às vezes, pensamos que não são. Queremos pará-las a todo o custo, imploramos para que …

Continue a ler
Foto: Byron Johnson / Unsplash
Textos

Como sempre faço.

Corria para o sítio mais longínquo que conhecia, sem nunca parar para tomar fôlego, como se estivesse a fugir de alguém, quando só estava fugindo dos meus problemas e de mim mesma. Corria, de modo a tentar libertar o sufoco que sentia, mas ele perseguiu-me em cada esquina, em cada palavra que estremecia ao proferir, em …

Continue a ler
Foto: Pinterest
Textos

Quando morremos de facto?

Quando morremos de facto? Era essa a pergunta, que questionava-me todos os dias, em que a minha existência era um tremendo fracasso. Questionavam-me quando comecei a sentir-me assim. Não memorizei a data. Foi a única resposta que soube dar. A vida é tão abstrata que quem é uma simples obra prima pintada de cores primárias, …

Continue a ler