Reflexão Textos

Joelho esfolado.

E eu sorri. Tal inocência fez-me questionar o que nos move, a nós adultos. Todos os dias, quando somos crianças, e nunca pequenos, nos perguntam o que queremos ser quando formos grandes. Mas quem são eles para acharem uma criança pequena? Todas as crianças são gigantes, gigantes dentro dos seus sonhos e da sua falta …

Continue a ler
Reflexão

Menina de olhos verdes em ti.

Se hoje soubesse de ti e me cruzasse comigo daria o maior abraço do mundo e ficaria em silêncio. Há silêncios que saram as maiores feridas, secam as mais salgadas lágrimas e sabem a mão dada na brisa da varanda. Há dez anos eu nunca pensaria chegar aqui, nem há 5 de certeza. Era só …

Continue a ler
Foto: Pinterest
Textos

Somos aquilo que quisermos!

Todos os dias nos olhamos ao espelho e questionamos quem somos. Mas quem somos mesmo? Seremos alguém de verdade, o reflexo do que somos com os outros ou aquilo que os outros dizem de nós. Dizemos muitas vezes que é difícil nos descrevermos, mas não devíamos ser nós próprios a nossa maior fonte de conhecimento? …

Continue a ler
Textos

Para sempre, criança.

Corri para o mar com uma vontade imensa de o abraçar, mergulhar em sua casa e ficar a olhar o céu, flutuando. Fez-me lembrar de ti e do nosso barco de papel que levamos mar a dentro. Fez-me lembrar a saudade do teu sorriso ao fundo da rua enquanto esperavas por mim. Mesmo que isto …

Continue a ler
Textos

Infância presente.

Quando somos pequenos todas as pessoas nos perguntam incansavelmente “O que queres ser quando fores grande?”. Respondi sempre de maneira diferente, queria ser tudo o que fosse possível e impossível também. Queria crescer, isso eu sabia, mas também sabia que queria ir brincar mais um pouco antes de ir dormir. Nos meus sonhos cabiam todos …

Continue a ler
Foto: Pinterest
Reflexão

Amor no ar.

Passei a vida toda a pensar que era impossível viver sem amar. Sem estar apaixonado ou ainda mais simples, ter uma paixoneta. Pensava mesmo que era impossível nunca ter ninguém para procurar nas redes sociais, nos corredores da escola ou nas ruas da cidade. Parecia-me um cenário demasiado vazio para coincidir com o termo “viver”. …

Continue a ler